A medicina esportiva (às vezes chamada de medicina dos esportes) é uma especialidade médica que lida com o tratamento e a prevenção de lesões relacionadas à prática esportiva e ao condicionamento físico.

Os profissionais de saúde que trabalham nesta área médica interdisciplinar concentram-se não apenas no tratamento de lesões relacionadas ao esporte, mas sim a todos os tipos, como também na prevenção de lesões, reabilitação, nutrição e treinamento de desempenho, a fim de ajudar os atletas a melhorarem seus treinos.

Uma equipe especializada em medicina esportiva geralmente envolve médicos habilitados como cirurgiões ortopédicos, fisioterapeutas, treinadores. A equipe trabalha em conjunto para ajudar os pacientes a treinarem de forma mais segura e rápida possível.

Medicina Esportiva no Século 21

A medicina esportiva preenche um campo muito importante nesta área. Lesões relacionadas a esportes e atividades são muito comuns, não apenas entre atletas profissionais, mas também entre praticantes amadores.

Embora seja uma especialidade médica relativamente nova, tendo surgido apenas no final do século XX, a medicina do exercício se tornou indispensável para os atletas que buscam uma boa qualidade de vida além de uma excelente performance em suas atividades físicas.

Os atletas profissionais exercitam seus corpos todos os dias de maneiras que a maioria de nós pode ter dificuldade em imaginar. Para você ter uma ideia, um ciclista que percorre o Tour de France por exemplo, faz uma temporada de treinos por um ano inteiro de até 6 horas de treino por dia, durante 5 ou 6 dias por semana, em níveis variados de intensidade. Eles podem pedalar 60, 100 e até 180 quilômetros em um único dia para simular o que vão experimentar no Tour.

Enquanto esses ciclistas do Tour de France são atletas excepcionais em uma categoria própria, profissionais e amadores de outras práticas como corredores de rua, jogadores de tênis, jogadores de vôlei só para citar alguns esportes, também passam um número impressionante de horas na quadra, campo ou no ginásio.

Esse treinamento intenso pode prejudicar o corpo e as lesões são quase que inevitáveis e a busca por um tratamento é indispensável. É por isso que ter um médico especialista em medicina esportiva é essencial.

Lesões Esportivas mais Comuns

A medicina esportiva envolve não apenas o tratamento de lesões, mas também a prevenção, fisioterapia / reabilitação e (para alguns) preparar um treinamento adequado de desempenho. As lesões mais comuns que vemos em atletas são:

  • Entorses e distensões, especialmente entorses de tornozelo e tendões;
  • Lesões no cotovelo, incluindo cotovelo de tenista;
  • Lesões no joelho, incluindo lágrimas musculares; o ligamento cruzado anterior é um dos principais ligamentos do joelho;
  • Tendinite (inflamação de um tendão, geralmente causada por uso excessivo ou má forma);
  • Bursite (inflamação dos sacos cheios de líquido que amortecem as articulações)
  • Lesões do tendão de Aquiles;
  • Dores nas canelas (latejamento e dor nos músculos da canela. As causas podem incluir músculos inflamados e inchados devido ao uso excessivo, fraturas por estresse, baixa função da coluna inferior e outras);
  • Fraturas e luxações;
  • Lacerações e abrasões (cortes e arranhões).

Algumas lesões requerem fisioterapia / reabilitação adaptadas às necessidades específicas do indivíduo. A fisioterapia pode ajudar a restaurar a função, diminuir a dor, aumentar a força e a flexibilidade e prevenir futuras lesões, inclusive podendo envolver o uso de exercícios terapêuticos como alongamento, exercícios básicos e levantamento de peso.

Medicina Esportiva: Desempenhando um Papel Vital em Nosso Moderno Mundo de Saúde Consciente

Desde tempos remotos, as pessoas praticam esportes, mas pela primeira vez mais pessoas reconhecem a importância do exercício e da atividade física para se ter uma boa saúde.

Devido ao impulso e motivação das pessoas em tornar um mundo e uma sociedade preocupados com a saúde, há um interesse crescente em participar de esportes recreativos nos últimos anos.

Isso deu mais oportunidades para a medicina esportiva. Anteriormente, a medicina esportiva tratava de doenças e lesões de atletas. Hoje em dia, com a ajuda de pesquisas e do uso da tecnologia, a medicina esportiva já percorreu um longo caminho.

Ela se estende a cuidados de saúde adequados, exames de saúde de atletas antes mesmo de se engajarem em esportes, prevenção e tratamento de lesões, reabilitação, exercícios apropriados e treinamento e nutrição apropriados.

Os esportes que antes eram exclusivos para as pessoas mais aptas e talentosas estão sendo cada vez mais adotados pelas pessoas comuns.

Isso faz com que a medicina esportiva, com seu foco abrangente em todas as questões relacionadas a esportes e exercícios, desde a prevenção de lesões até o treinamento de desempenho, seja mais importante e relevante do que nunca.

Você tem interesse em ser uma mulher atleta? Agende sua consulta de avaliação!