As necessidades de hábitos saudáveis e fitness devem acompanhar toda mulher ao longo de suas vidas. Não importa qual seja a sua idade!

Ficar em forma deve ser uma parte de sua rotina diária.

Manter a forma reduz os fatores de risco de doenças cardíacas. Exercitando-se regularmente, você também pode controlar o colesterol, o peso, a pressão arterial e o estresse.

Ao desenvolver bons hábitos enquanto você é jovem, ajuda a manter a rotina por toda a vida, mas nunca é tarde para começar.

E como sempre gosto de lembrar, é muito importante fazer acompanhamento médico antes de começar qualquer programa de exercícios, mas principalmente se você tiver algum problema de saúde crônico.

Alguns benefícios que os exercícios físicos trazem para a sua saúde!

  • reduz o risco de contrair câncer de cólon e diabetes
  • mantém seus ossos, músculos e articulações saudáveis
  • reduz a ansiedade e depressão e melhora o seu humor
  • protege contra quedas e fraturas ósseas em adultos mais velhos
  • protege contra o câncer de mama
  • ajuda a controlar o inchaço das articulações e a dor da artrite
  • aumenta a energia
  • ajuda você a dormir melhor
  • ajuda você a ficar melhor

As décadas das mulheres

A mulher aos 20 anos

Seus 20 anos são a década em que você está firmando as bases para o seu futuro, a menos que você tenha uma condição médica específica, você pode muito bem fazer o que quiser.

Este é o período que você constrói sua densidade óssea, força muscular e saúde cardiovascular. Então, quanto mais exercício, melhor.

A mulher aos 30 anos

Quando você chegar aos seus 30 anos, com certeza todas as suas responsabilidades profissionais e familiares irão diminuir o seu tempo para treinar. A gravidez eo parto também podem ter deixado você com um abdômen mais fraco e com aquele “peso do bebê”.

Concentre-se em exercícios eficientes em termos de tempo – como o Pilates que irá te ajudar a construir uma força abdominal.

Não esqueça os exercícios cardiovasculares. Esta é uma boa maneira de obter o maior benefício no menor tempo possível. Tente realizar os seus treinos na parte da manhã, pois você vai acelerar o seu metabolismo durante todo o dia, além de ser menos provável encontrar uma desculpa para não se exercitar.

O exercício pela manhã ajudará você a fazer melhores escolhas alimentares ao longo do dia, já que estará motivado a não atrapalhar o seu investimento de tempo.

A mulher aos 40 anos

Esta é a década em que seu metabolismo começa a desacelerar e a massa muscular começa a diminuir significativamente. O treinamento com pesos se torna cada vez mais importante.

Posso relacionar 3 principais benefícios principais para um programa regular de treinamento de resistência.

  1. Aumento da força dos músculos e ossos. Exercício não só diminui o risco de desenvolver osteoporose, como também diminui o risco de lesão em tudo que você faz.
  2. Aumento da massa muscular. Quanto mais músculos você tiver, mais calorias seu corpo queima em repouso. Isso pode facilitar o controle do seu peso.
  3. Melhor qualidade de vida. Isso se torna cada vez mais importante à medida que envelhecemos.

A mulher aos 50 anos

A menopausa e os sintomas pós-menopausa geralmente surgem na década de 50 e incluem alterações de peso, insônia, pressão alta, ondas de calor e estresse. Exercício, como caminhar e ioga, podem reduzir os sintomas da menopausa.

Sua flexibilidade cai em torno dos seus 50 anos e o alongamento é cada vez mais importante. O condicionamento cardiovascular ainda é necessário, mas considere atividades físicas com um potencial mais “divertido”, por exemplo, aulas de dança, para não ficar entediado.

Outra ótima dica é incluir exercícios que estimulem a flexibilidade como yoga.

A mulher aos 60 anos

Pesquisadores descobriram que, se você se exercita aos 60 anos, mesmo que uma vez por semana, você viverá mais do que aqueles que não se exercitam.

Portanto, faça suas atividades cardiovasculares, mas certifique-se de enfatizar o treinamento de força e os exercícios centrais para aumentar sua estabilidade.

Conforme você envelhece, você quer evitar quedas e o risco de fraturas ósseas, que podem se tornar mais prevalentes. Yoga e tai chi, são boas escolhas para melhorar a flexibilidade e o equilíbrio.

A mulher depois dos 70 anos

Continue se exercitando e caminhando! Exercite-se por 30 minutos por dia, 5 dias por semana, e continue a incluir exercícios cardiovasculares, de força e flexibilidade em sua rotina.

Caminhar, nadar, pesos leves, tai chi e yoga podem ser boas escolhas para mulheres na faixa dos 70 anos, desde que você tenha a permissão do seu médico.

Tenha cuidado, no entanto, com o seu equilíbrio. Você quer evitar o risco de uma queda.

Tem interesse em realizar uma avaliação para seu projeto fitness? Agende sua consulta!